O alagoano Rodrigo San reforça em 'Nada Terminou' a sua marca autoral, que é produzir uma sonoridade único entre o blues, a MPB e o soul. O novo single, já nas principais plataformas de streaming via Orangeira Music, é ainda rebuscada por uma delicada aura vintage. Ouça aqui: https://song.link/Kxdz6BRvbKKZ2.

Tem também o lyric vídeo do single: https://youtu.be/IOvxmQS-vFU.

'Nada Terminou' é intimista, uma característica linear na carreira do músico. A sonoridade rústica é embaladas pela guitarra escaldada e cirúrgica de Rodrigo.

Essa é a primeira música de uma sequência de três compostas durante a quarentena, que serão lançadas em sequência pela Orangeira Music.

A produção de 'Nada Terminou' passou por três home estúdios. Rodrigo gravou guitarra e voz e, em seguida, a faixa foi para Marcos Maurício (produtor do primeiro disco do Rodrigo, Sutil) que gravou teclado, baixo e baterista. Já Kiko Bonato, da banda Samuca e a Selva, gravou um naipe de saxofone.

'Mil Abraços', já executada em algumas lives e com a mesma pegada vibe, e uma terceira música, ainda sem nome, serão os próximos lançamentos.

Sutil é o disco de estreia de Rodrigo San, lançado pela Orangeira Music em 2019: https://sl.onerpm.com/8103219381.

'Sutil' reúne 11 capítulos da vida de Rodrigo San e transita entre a Nova MPB, reggae, soul music brasileira e blues rock. O alagoano propõe narrativas e melodias sinceras, sempre otimistas, abraçadas por um tom confessional.